Coleção Raul Xavier


Raul de Siqueira Xavier nasceu em 17 de março de 1902 em Granja, no Ceará, e destacou-se por uma vasta contribuição literária no campo jornalístico e literário. Como nos informa breve biografia colhida na internet, “Estudou no Seminário da Prainha e no Colégio Cearense e fez os preparatórios no Liceu do Ceará. Veio para o Rio de Janeiro e dedicou-se ao jornalismo (“O Informador Comercial”, “O Debate”, “Presença”, “Jornal de Letras”, “Jornal do Comércio”; “Correio da Manhã”, Diário Carioca”). Ensaísta, crítico, poeta. Publicou: Versos (1952); Tempo e Cristal (1961); Vocabulário de Poesia (1978); Palavra e Poesia (1979); Romance e Poesia do Norte (1980). Estudioso do Direito Trabalhista, publicou em 1934 o volume Aspectos Sociais da Questão do Trabalho. Traduziu: Por Dentro do Terceiro Reich (Albert Speer); Os Vedas; Os Upanichadas; Textos Sagrados do Tibet; Textos Sagrados das Pirâmides; Milinda Panha (Doutrina do Budismo Ortodoxo); Popol Vuh (livro sagrado dos Quiché); Poesia Escolhidas e A Casa e o Mundo (de Rabindranat Tagore). Membro correspondente da Academia Cearense de Letras”.

Na década de 70, suas contribuições no campo da tradução de clássicos indianos foram notáveis, sendo algumas inéditas. São suas as primeiras transliterações, no Brasil, de fragmentos dos Vedas, dos Upanishads, do Kama Sutra e do Milinda Panha, além de Tagore. Todas, publicadas pela editora “Livros do Mundo Inteiro”.

Em homenagem a essa contribuição inestimável, fizemos uma coleção contendo as introduções [estudos] primorosas e de trechos de algumas de suas obras orientalistas. Esperamos com isso não apenas dar a conhecer essas traduções, mas relevar o nome desse importante autor brasileiro.


Visualize Aqui ou Baixe aqui diretamente